sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Para sempre

Vamos cobrir nossas faces nos lençóis brancos
Rir e rolar na cama que nos cerca
Lembrar da alucinante noite passada
Em que dormimos dentro de nós.

Falas de amor juradas, carinhos trocados
Somos feitos de carne e sentimentos
Nos embriagamos com beijos e abraços
E acordamos ao raio de Sol na vidraça da janela.

As roupas amassadas recolhidas do chão
Cabelos despenteados e olhos úmidos
Seguimos cada qual com o seu caminho
Diferentes rumos de vida e sentidos.

Não temos um ao outro na realidade
Vivemos de sonhos perdidos
Nos alimentamos de algo inexistente
Mas nos amamos, e isso será para sempre.

Nayara K.

3 comentários:

Mateus Araujo disse...

Nayara e seus poemas obsenos =P
shuashauhsuahsua

Adooroo ♥

Daniel Braga disse...

Nháà... eu amei... saudades de você gatinha! *o*

~Visita meu blog também... tem coisa nova lá.

*DB*

Jessy Beraldo disse...

adoreeeii ♥

xD