quinta-feira, 31 de março de 2011

Coita


Aos olhos meus te tenho por inteiro,
Tenho a beleza mais pura
E o que seria de ti, se eu cegasse?
Todos os traços finos ainda continuariam intactos?

Queria te dizer mais palavras bonitas,
Se elas existissem pra você.
Alucinados pelo toque calmo de duas mãos,
Agarrar-me aos teus cabelos.

Amor, se pudesse te mostrar as coisas do Éden,
Será que seríamos felizes como hoje?
Será que tudo seria tão bom e doce,
como a nuvem em que andamos?

És um anjo de vida curta e passageira,
Que só eu posso pedir milagres.
Tu existe para mim, ser celeste
E estarás ai quando a noite chegar?

Eu irei ao infinito para te buscar,
E não importa se não estiver lá,
Pois no caminho poderei te imaginar,
Com o Amor que só eu sinto.

Seu beijo frio que derrete meus lábios,
Chorar o riso que me dás,
Seremos um só
O que os poetas chamam de Amor.

Nayara K.

Um comentário:

Angel Red disse...

Sentimentos sempre sao intensos instigantes e sempre muito bem vindo um remedio a alma a quem almeja viver a vida literalmente
lady vc sempre crescendo....
voltei apos uma ano meu filho esta com um ano...

grande abraço